terça-feira, 3 de setembro de 2013

Do nordeste para o Sul: Alunos da Facottur apresentam artigo científico no III Colóquio de Turismo Comunitário

Nos dias entre 28, 29 e 30 aconteceu, em Matinhos-PR, o III Colóquio de Turismo Comunitário.

O nordeste foi representado pelos alunos da Facottur – Faculdade de Comunicação, Tecnologia e Turismo de Olinda, por meio de três artigos apresentados.

Confesso que o resultado das apresentações me deixaram muito feliz, com tantos elogios feitos aos trabalhos, dentre eles, o potencial para o desenvolvimento de pesquisas em nível de mestrado considerando os objetos de estudos ali apresentados.

Os trabalhos foram resultados de pesquisas desenvolvidas pelos alunos da graduação em turismo, sob minha orientação.

Um deles, o TCC de Jaqueline Araújo, que no Colóquio apresentou as potencialidades do desenvolvimento do Turismo de Base Comunitária (TBC), na comunidade do Bode, no Bairro do Pina, em Recife-PE.


Aluna Jaqueline Araújo apresentando


Na mesma direção, os alunos Laura Fernanda, Leonardo Araújo e Patrícia Amorim, apresentaram as potencialidades para o desenvolvimento do TBC no bairro de São Benedito, em Olinda-PE, tendo o coco de roda como principal atrativo. Este estudo foi resultado do projeto interdisciplinar apresentados pelos alunos em 2012, no segundo período.

Alunos Laura Fernanda e Leonardo Araújo apresentando

Por fim, a aluna Márcia Santos, discutiu sobre a sustentabilidade cultural dos artesanatos ofertados na casa da Cultura de Pernambuco.


Aluna Márcia Santos apresentando


Gostaria de publicamente parabenizar aos grupos pelo trabalho e pela apresentação. Os debates gerados foram enriquecedor. E registro meu enorme prazer pela parceria em pesquisa. Fiquei imensamente feliz em ver que todos os comentários feitos para a ampliação das nossas pesquisas já haviam sido anteriormente debatidas por nós nos momentos de orientação. Parabéns, meninos! Que venham os próximos eventos!!

E, como forma de divulgação do conhecimento, prometo que breve disponibilizo os resumos dos trabalhos e os powerpoints utilizados para a apresntação.

domingo, 16 de junho de 2013

Eu não sei se deveria, mas tudo isso me deixa muito feliz!

No início do no, talvez nem tão no início, assim. Eu sentei no chão para conversar com três outras pessoas que estavam em um banco. lembro que já era um pouco tarde da noite para que aquele tempo fosse "perdido" ali.

O assunto era como nós estamos (ou estávamos?!) cada vez mais apáticos ao que está se passando no Brasil.

Naquele período era tempo de uma notícia que muito me abalara: um tal político assumia um  cargo importante no Congresso Nacional e lembro que eu, como sempre muito enfática, perguntava a eles: "Onde estamos? Onde queremos ir? Como assim ele assume tal cargo e nós não falamos nada? Compartilhar imagens no facebook não nos leva a nada e isso está longe do que se chama 'manifestação pacífica'"

Bom, preciso antes de tudo dizer que eu sou bem relaxada e de maneira geral não sou lá "reclamona", por vezes (duas só este ano!) pago 'dívidas' incoerentes só pra não me aborrecer, mas o fato é que no contexto nacional, sei não....! 
Também não sou politizada. Aliás, detesto política! - Para desespero do meu pai.

mas preciso confessar que a cada nova notícia ou vídeo com efeito viral no facebook me deixa muito feliz e até mesmo emocionada. Me parece que o Brasil, FINALMENTE acordou! Saímos da inércia!

É tempo de revolução. Só acho uma pena termos demorado tanto para nos darmos conta que nosso país não pode ser chamado de DEMO-Crático apenas pelo fato de sermos OBRIGADOS, coagidos (!!) a votar!

Concordo que devamos ir às ruas e revindicar nossos DIREITOS, os mesmo os quais os governantes pisam em cima. CIDADANIA!

Isso era o que deveríamos ter feito ainda em 2002 quando se discutia a possibilidade de o Brasil sediar a copa. Ao invés disso, torcemos a favor para que hoje, às vésperas do grande evento, quando deveríamos estar nos preparando para o grande evento, não estivéssemos - como estamos - torcendo contra (What a shame!) Disseminando vídeos e imagens negativas do Brasil e, ainda, calculando quantos os bilhões investidos para infraestrutura nos fazem falta em Saúde e Educação. Que pensássemos nisso antes e fôssemos ás ruas naquela época revindicar que tal dinheiro tivesse tal destino.

Fico feliz ao ver que rompemos com a inércia de anos! Feliz em ver que quem está encabeçando os protestos tem o bam senso de que com violência e vandalismo não chegaremos a lugar algum. Embora a polícia, sob gritos de "Sem violência", atirassem sobre os manifestantes



Mas, infelizmente, o povo brasileiro não sabe separar o joio do trigo. Basta ver a violência gerada em estádios quando o intuito é a diversão, recreação, divertimento.

Pra frente, Brasil!

"Vem vamos embora que esperar não é saber, quem sabe faz a hora, não espera acontecer!!!"

terça-feira, 11 de junho de 2013

Para finalizar, antes que chegue o fim (Interdisciplinar TUR5)

Tem tempo que não apareço por aqui e ficava pensando que devia escrever... Dizia pra mim mesma que não escrevia porque estava sem tempo (desculpas sem culpas...). Mas acho que a grande questão é que não tinha acontecido nada que valesse a pena. Mas hoje aconteceu.

Hoje o sol nasce radiante. Parecia até o nordeste que conheço, mas que estava  esquecido por causa das fortes chuvas recentes. O Sol radiante era o prenúncio de um grande dia pela frente.

Hoje meus meninos (será que posso chamar de "meus"?) no 5º período de Turismo apresentaram o último interdisciplinar das suas jornadas acadêmicas, pelo menos por aqui pelo curso de turismo. Próximo semestre é o TCC.

É preciso confessar que nossa relação não era (posso aplicar o passado?!) lá cheia de muito amor. Os alunos pareciam (eufemismo) não se adaptarem ao meu método de ensino, exigente, sempre querendo mais, sempre exigindo que questionassem, que não aceitassem o óbvio. Acho que é como aquela história da “domestificação” lá do “Pequeno Príncipe”. Mas hoje, confesso que o jeito “durão” fez valer a pena.

E se em sala de aula dei muitos puxões de orelha, venho aqui, neste espaço não tão íntimo como a nossa sala de aula, para escachar elogios a vocês:

PARABÉNS TUR5!!! Manhã e Noite. O mercado turístico de Pernambuco ganhará, sem dúvidas, uma super equipe de turismólogos! Problematizadores, pesquisadores e que sabem lidar com problemas reais!
Estou muito feliz e satisfeita com os resultados. Diz-se que os fins justificam os meios e isso tem lá seu fundamento, ter sido “carrasca” está justificado pelo sucesso na proposição dos projetos apresentados hoje.

Parabéns aos grupos da Coroa do Avião e do Forte Orange (vou citar por localidade, por não ter autorização pra citar nomes, vai que sou processada por elogiar.. Tá na moda! hehe), pela dedicação e pelo empenho, por mostrarem para vocês mesmos que quando vocês querem, vocês podem! Têm potencial para isso! Parabéns ao Engenho São João, pela garra, coragem, por estar disposto em vencer os desafios, em ir a campo “custe o que custar!”. Vila velha! Vocês deram show retomando no projeto muitos dos pontos que foram abordados em sala como sensibilização turística, avaliação do projeto, envolvimento dos autóctones... Vida longa à Trade Marketing e à Brinc’arte!

Não é fácil, eu sei, mas é como Susana Gastal me disse uma vez minha salinha fria do bloco 46 (UCS): “Se fosse fácil, estava pronto!”

Parabéns por terem sido pé no chão na proposição de vocês. Projetos com viabilidade real de implantação. Agora nos resta um novo desafio: do papel à prática! Vamos nessa???

#EstamosJuntos!

Mas não esqueçam de revisar os pontos destacados em sala ;)

#Parabéns!

E, para finalizar, uma mensagem que acho que ilustra muito bem o momento de hoje:

"Para realizar grandes conquistas, devemos não apenas agir, mas também sonhar; não apenas planejar, mas também acreditar."
(Anatole France)


Ah, e obrigada por fazer valer a pena!