domingo, 16 de junho de 2013

Eu não sei se deveria, mas tudo isso me deixa muito feliz!

No início do no, talvez nem tão no início, assim. Eu sentei no chão para conversar com três outras pessoas que estavam em um banco. lembro que já era um pouco tarde da noite para que aquele tempo fosse "perdido" ali.

O assunto era como nós estamos (ou estávamos?!) cada vez mais apáticos ao que está se passando no Brasil.

Naquele período era tempo de uma notícia que muito me abalara: um tal político assumia um  cargo importante no Congresso Nacional e lembro que eu, como sempre muito enfática, perguntava a eles: "Onde estamos? Onde queremos ir? Como assim ele assume tal cargo e nós não falamos nada? Compartilhar imagens no facebook não nos leva a nada e isso está longe do que se chama 'manifestação pacífica'"

Bom, preciso antes de tudo dizer que eu sou bem relaxada e de maneira geral não sou lá "reclamona", por vezes (duas só este ano!) pago 'dívidas' incoerentes só pra não me aborrecer, mas o fato é que no contexto nacional, sei não....! 
Também não sou politizada. Aliás, detesto política! - Para desespero do meu pai.

mas preciso confessar que a cada nova notícia ou vídeo com efeito viral no facebook me deixa muito feliz e até mesmo emocionada. Me parece que o Brasil, FINALMENTE acordou! Saímos da inércia!

É tempo de revolução. Só acho uma pena termos demorado tanto para nos darmos conta que nosso país não pode ser chamado de DEMO-Crático apenas pelo fato de sermos OBRIGADOS, coagidos (!!) a votar!

Concordo que devamos ir às ruas e revindicar nossos DIREITOS, os mesmo os quais os governantes pisam em cima. CIDADANIA!

Isso era o que deveríamos ter feito ainda em 2002 quando se discutia a possibilidade de o Brasil sediar a copa. Ao invés disso, torcemos a favor para que hoje, às vésperas do grande evento, quando deveríamos estar nos preparando para o grande evento, não estivéssemos - como estamos - torcendo contra (What a shame!) Disseminando vídeos e imagens negativas do Brasil e, ainda, calculando quantos os bilhões investidos para infraestrutura nos fazem falta em Saúde e Educação. Que pensássemos nisso antes e fôssemos ás ruas naquela época revindicar que tal dinheiro tivesse tal destino.

Fico feliz ao ver que rompemos com a inércia de anos! Feliz em ver que quem está encabeçando os protestos tem o bam senso de que com violência e vandalismo não chegaremos a lugar algum. Embora a polícia, sob gritos de "Sem violência", atirassem sobre os manifestantes



Mas, infelizmente, o povo brasileiro não sabe separar o joio do trigo. Basta ver a violência gerada em estádios quando o intuito é a diversão, recreação, divertimento.

Pra frente, Brasil!

"Vem vamos embora que esperar não é saber, quem sabe faz a hora, não espera acontecer!!!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário